Cantor Pete Doherty é multado por levar heroína a um tribunal

LONDRES (Reuters) - O vocalista do Babyshambles Pete Doherty foi multado na quarta-feira por entrar em um tribunal no mês passado com heroína no bolso. O cantor britânico, que tem um histórico de detenções por porte de drogas e já namorou a top model Kate Moss, compareceu na Corte de Magistrados de Gloucester, no oeste da Inglaterra, para ouvir sua punição pelo incidente de 21 de dezembro, disse a Press Association.

Reuters |

Doherty, de 30 anos, compareceu no tribunal antes do Natal para ser multado por direção perigosa, e guardas viram heroína cair do seu bolso. Ele foi imediatamente preso e depois acusado de posse de drogas ilegais.

"Ou isso foi uma estupidez completa ou um golpe para obter mais publicidade", disse o juiz Joti Boparai na quarta-feira.

Doherty foi multado em 750 libras (1.200 dólares), mais 85 libras em custos processuais.

O advogado de Doherty, Bruce Clark, disse que o cantor se sentiu "muito estúpido" depois de ser pego com heroína no valor de quase 200 libras em seu bolso, mas que ele não sabia que a droga estava lá.

(Reportagem de Mike Collett-White)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG