Cannes recebe trágica história de amor com Gwyneth Paltrow

CANNES, 20 MAI (ANSA) - O jovem diretor nova-iorquino James Gray está em competição no 61º Festival de Cannes com o filme Two Lovers, uma história romântica ¿ mais trágica do que cômica ¿ com o grande trunfo de possuir a bela atriz Gwyneth Paltrow entre as estrelas e com um papel diferente da boa mocinha de sempre.

Agência Ansa |

Ao lado do excelente ator Joaquin Phoenix, ausente em Cannes por uma infecção intestinal, Gwyneth Paltrow interpreta a jovem amante de um homem casado que entrará em um complexo jogo amoroso entre duas famílias judias, que planejam o casamento de um casal (Joaquin interpreta um dos pretendentes, que conhece Gwyneth e se apaixona subitamente).

"Minha personagem é uma garota confusa, que não consegue entender qual é o seu destino. Mas eu compreendo a sua obsessão: para ela, esperar o telefonema do amante é sua vida, mesmo se isso a faz sofrer", explica a atriz, atualmente em cartaz com "Homem de Ferro".

No complexo e trágico "fica ou não fica", adornado por um roteiro repleto de fatos e detalhes, os personagens enfrentam obstáculos e lições que culminarão no desfecho cinza da história, sem o esperado "happy end" das românticas histórias de Hollywood.

Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Leia tudo sobre: festival de cannesgwyneth paltrow

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG