Cannes: filme sobre máfia italiana é primeiro grande favorito

PARIS, 19 MAI (ANSA) - O filme italiano Gomorra, longa-metragem de Matteo Garrone sobre a máfia napolitana, foi muito bem recebido pela crítica e jornais franceses, passando ao posto de primeiro grande favorito à Palma de Ouro do 61º Festival de Cannes, que acontece até o dia 25 de maio.

Agência Ansa |

"É um filme formidável, tão adequado que seria de se esperar que os mafiosos tenham vergonha de si mesmos ao vê-lo", disse hoje o jornal Le Monde. "Garrone filma de maneira fluída, não esconde a violência, mas rejeita todos os clichês que o cinema associou ao crime organizado desde o lançamento de 'Scarface', de Howard Hawks".

Já o Le Figaro destaca a "frieza e precisão de documentário em denunciar as causas e efeitos das leis mafiosas e seus valores destrutivos", enquanto o Le Parisien aponta para a possibilidade de uma consagração italiana em Cannes através de "Gomorra", "um belo momento de cinema, nervoso sem ser desordenado e sempre sob tensão".

O longa-metragem, baseado no romance de Roberto Saviano, descreve com precisão o funcionamento da máfia Camorra, de Nápoles (sul da Itália), e como ela exercita o próprio poder sobre toda a economia do país, sobretudo através da violência e das relações de poder e controle.

O diretor Matteo Garrone consegue contar a história com grande fluidez, sem apelar para a espetacularização da violência, mas evidenciando a atmosfera de uma cidade em guerra, como descreve Saviano em seu livro.

Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Leia tudo sobre: festival de cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG