Cannes aplaude novo filme de Clint Eastwood com Angelina Jolie

CANNES, 20 MAI (ANSA) - Longos e repetidos aplausos marcaram a projeção para imprensa do filme The Exchange, nova produção do diretor e ator norte-americano Clint Eastwood, que participa da competição do 61º Festival de Internacional de Cinema de Cannes, na França.

Agência Ansa |

Com John Malkovich e Angelina Jolie, no papel da protagonista Christine Collins, uma mãe cujo filho pequeno é raptado na Los Angeles dos anos 1930, "The Exchange" mostra como pode ser difícil a batalha de uma mulher daquela época contra o poder estabelecido de uma polícia corrupta, da imprensa ou da sociedade.

"Para fazer Christine Collins, me inspirei em minha mãe, que perdi há pouco tempo. Ela era uma mulher doce e tímida, que sabia tratar bem as crianças, mas também tinha um caráter muito forte", explica a atriz. "Já a história do filme é baseada em fatos reais e versa sobre um período obscuro, em que as mulheres não tinham o direito de se exprimir", continua Jolie.

Getty Images
Depois de "Kung Fu Panda",
Jolie permanece no festival
Quando Christine começa a armar uma confusão geral a fim de encontrar seu filho, a polícia teme um escândalo e, então, forja uma investigação e arruma um garoto parecido para entregar à mãe e acalmar a opinião pública. A estratégia seguinte da polícia será dizer que Christine está sofrendo dos nervos e por isso não reconhece seu filho raptado.

A partir daí, o roteiro traz uma série de reviravoltas muito bem organizadas, que levam o espectador a presenciar o melhor estilo do cinema clássico norte-americano: um filme inteligente, com surpresas e envolvimento, e sem nenhum tipo de espetacularização ou grandes efeitos visuais ou de interpretação.

De fato, o filme de Clint Eastwood é contido e equilibrado. O diretor, que participa de Cannes pela quinta vez com um longa-metragem em concurso, usa com astúcia sua experiência, compondo um filme que dialoga com as produções de estúdios em 1930, mas que se mantém fiel ao estilo autoral de Eastwood. Ele, que nunca ganhou uma Palma de Ouro, passa ao time dos favoritos.

Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Leia tudo sobre: clint eastwoodfestival de cannes

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG