Candidatos mineiros minimizam pesquisa do Ibope

O candidato do PSB à prefeitura de Belo Horizonte, Marcio Lacerda, minimizou o resultado da pesquisa Ibope que o colocou em terceiro lugar na preferência do eleitorado da capital mineira para o pleito municipal deste ano. De acordo com ele, o panorama será modificado após a população tomar conhecimento do apoio que detém de Fernando Pimentel (PT), atual prefeito da cidade, e do governador Aécio Neves (PSDB).

Agência Estado |

"A campanha está mal começando. Só será possível fazer projeções confiáveis após duas semanas, dez dias do programa eleitoral na TV e no rádio, que efetivamente alcança quase a totalidade da população", afirmou.

A pesquisa Ibope, divulgada ontem, colocou a candidata do PC do B, Jô Moraes, à frente da disputa da eleição municipal, com 17% das intenções de voto. Em seguida está Leonardo Quintão, do PMDB, com 14%. Lacerda, fruto de uma aliança polêmica entre petistas e tucanos em Belo Horizonte, é o preferido de 8% do eleitorado.

Na avaliação de Jô Moraes, a aliança construída entre PT e PSDB, que "até então carregavam bandeiras opostas", é uma das explicações para o desempenho aquém do esperado de Lacerda na pesquisa. "A população não entendeu essa aliança estranha que colocou no mesmo projeto forças que há tanto tempo caminham por direções distintas na política brasileira", disse a deputada.
Segundo ela, o quadro das eleições municipais deste ano ainda é indefinido. Mas festeja estar em primeiro lugar."Não são as lideranças que apóiam que assumirão o cargo de prefeito de Belo Horizonte."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG