Os candidatos à prefeitura de Manaus votaram quase ao mesmo tempo, às 9h30 de hoje. O candidato à reeleição Serafim Corrêa (PSB) votou apostando que todas as pesquisas que apontaram o favoritismo do rival Amazonino Mendes (PTB) serão como as de 2004, quando também disputaram o segundo turno.

"O resultado da verdadeira pesquisa sai depois das 17 horas", afirmou. Amazonino disse estar tranqüilo quanto à decisão da Justiça Eleitoral, esta semana, sobre representação que aponta compra de votos por sua coligação, no primeiro turno, com vale-combustível. "Tenho convicção que nada foi feito ilegalmente", defendeu.

A prefeitura, assim como no primeiro turno, pagou R$ 1,7 milhão para que os ônibus circulem gratuitamente durante a eleição com o objetivo de diminuir o percentual de abstenções. Mesmo assim, no primeiro turno, a abstenção foi de 15%. A expectativa é que o percentual seja maior, já que o dia da eleição ficou entre dois feriados: de sexta-feira, aniversário de Manaus, e terça, dia do funcionalismo público.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.