Candidato do PCB promete transporte de graça em SP

O candidato do PCB a prefeito de São Paulo, Edmilson Costa, que participou hoje de palestra na Fundação Armando Álvares Penteado (Faap), disse que se for eleito, vai municipalizar o transporte coletivo da capital paulista, para que os recursos destinados à empresas privadas sejam incorporados aos cofres públicos. Ele disse também que irá reduzir gradualmente o preço das passagens, até chegar à tarifa zero e pretende reduzir para seis horas (duas horas a menos) a jornada de trabalho dos motoristas de ônibus, sem diminuir salários.

Agência Estado |

Costa disse ainda que faz parte do seu plano de governo municipalizar o Sistema Único de Saúde (SUS) e desapropriar terrenos não ocupados, para construir praças e parques. A medida, segundo ele, acabaria com a especulação imobiliária.

Paulo Maluf, do PP, preferiu ir às ruas fazer campanha. Pela manhã ele fez uma caminhada e conversou com eleitores no bairro do Jabaquara, zona sul da cidade. À tarde, visitou o Hospital Municipal Artur Ribeiro de Saboya, também no Jabaquara, e conversou com pacientes e funcionários. Ao sair do hospital, concedeu entrevista a uma rede de televisão. Ele disse ter encontrado irregularidades na gestão do hospital e que, se eleito, irá implantar novamente o Plano de Atendimento à Saúde (PAS), "o melhor plano de saúde da cidade", em sua avaliação.

Soninha Francine, do PPS, participou pela manhã da abertura da "2ª Mostra do Sistema Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) de Responsabilidade Socioambiental", no Parque do Ibirapuera. Ainda na parte da manhã concedeu entrevista a uma rádio. À noite, faz comício na Favela Caixa D'Água, zona leste.

O candidato do PRTB, Levy Fidelix, foi hoje pela manhã ao Centro Acadêmico Visconde de Cairu (CAVC), da Universidade de São Paulo (USP), para falar sobre seu plano de governo. À tarde cumpriu agenda interna e à noite visita bases de candidatos a vereador do partido.

Renato Reichmann, do PMN, e Ciro Moura, da coligação "Tostão contra o milhão" (PTC e PT do B), gravaram o programa de TV para a campanha eleitoral. Ivan Valente, da coligação "Alternativa de esquerda para São Paulo" (PSOL e PSTU) passou o dia em Brasília, cumprindo agenda parlamentar como deputado federal.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG