Candidato a vereador é preso por compra de votos em AL

O candidato a vereador José Fábio Rodrigues de Melo, conhecido por Tom da Limpeza, do PRP, foi preso hoje acusado de compra de votos. Ele disputa uma das vagas da Câmara Municipal de Matriz do Camaragibe, a 61 quilômetros de Maceió (AL).

Agência Estado |

A prisão foi efetuada em flagrante por equipe da Polícia Militar, com base numa denúncia anônima.

De acordo com o delegado Belmiro Cavalcante, no carro do candidato foi encontrado um simulador de voto, uma conta de água, um título de eleitor e um caderno com o cadastro de eleitores. Segundo o delegado, o candidato alega que o caderno é da mulher dele, pois ela é proprietária de uma banca de roupas na feira da cidade.

O candidato disse ainda à polícia que os nomes e valores que estão no caderno são de clientes de sua esposa. No entanto, segundo o delegado, no caderno existem anotações de materiais de construção. "Está caracterizado como crime eleitoral. Nós vamos encaminhar o candidato para o Fórum da cidade, onde o juiz Igor Figueiredo irá decidir para onde ele vai", afirmou Cavalcante.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG