Candidata do PCdoB lamenta falta de apoio do PT no Rio

A candidata do PCdoB à prefeitura do Rio de Janeiro, Jandira Feghali, lamentou o fato de o PT não ter retirado a candidatura do petista Alessandro Molon para apoiá-la nas eleições deste ano. Lamentamos a não reciprocidade.

Agência Estado |

Retiramos a candidatura (do PCdoB) a prefeito em São Paulo e em Recife por uma visão estratégica de unidades de esquerda que vai além de 2008", disse Jandira.

Ela deu as declarações no Palácio Guanabara logo após o encerramento da cerimônia com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela candidatura do Rio a sediar os Jogos Olímpicos de 2016. Outros dois candidatos à prefeitura da cidade estiveram presentes no evento - o senador Marcelo Crivella (PRB) e Eduardo Paes (PMDB).

Ontem, durante a convenção regional do PT, o partido decidiu, por unanimidade, homologar a candidatura de Molon à prefeitura do Rio. O petista vinha enfrentando revezes em sua pré-candidatura como a retirada do apoio do governador Sérgio Cabral (PMDB) e a preferência do presidente Lula e da direção nacional do PT por uma composição com Jandira Feghali.

O acordo facilitaria a indicação de Aldo Rebelo como vice na chapa da petista Marta Suplicy na capital paulista. Porém, Molon afirmou que a sua decisão de insistir na candidatura não atrapalhará as negociações entre o PT e o PCdoB em São Paulo. "A aliança em São Paulo está consolidada", afirmou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG