Candidata baleada no Paraná deve formalizar desistência

O deputado estadual do Paraná, Geraldo Cartário (PDT), anunciou hoje a desistência de sua filha, Tuca Cartário, que era candidata à prefeitura de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. Ela foi baleada no ombro na noite de domingo, quando retornava para casa depois de uma reunião com correligionários políticos no Jardim Colonial, na periferia da cidade.

Agência Estado |

"Entre a família e a política, fico com a família", justificou o deputado.

A polícia investiga a ocorrência e ainda não tem elementos para determinar se houve um crime político ou uma tentativa de assalto ou seqüestro. Segundo ele, a filha, que deve deixar o hospital no fim da tarde de hoje, resistiu à proposta de abandonar a campanha. "Mas quando analisou a situação dos filhos também achou melhor", afirmou Cartário. Tuca tem três filhos - de 1 ano e meio, de 4 anos e meio e de 10 anos.

A desistência deve ser formalizada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nos próximos dias. O próprio deputado, que tem uma carreira política de 35 anos, disse que pode encerrá-la. "Vou dar uma repensada", afirmou. Com a saída de Tuca Cartário, outros quatro candidatos continuam na disputa em Fazenda Rio Grande.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG