Câncer mata Patrick Swayze aos 57 anos

O ator Patrick Swayze, conhecido por seus papéis em Dirty Dancing e Ghost, morreu após uma longa batalha contra um câncer de pâncreas, informou a imprensa americana nesta segunda-feira.

AFP |

Segundo a assessora Annett Wolf, o ator morreu "hoje em paz, com sua família, após enfrentar os desafios de sua doença pelos últimos 20 meses".

Swayze, 57 anos, teve o diagnóstico de um quadro avançado de câncer de pâncreas em janeiro de 2008, com um prognóstico de apenas 1% de permanecer vivo por mais de cinco anos.

O ator lutou valentemente contra o câncer e prosseguiu trabalhando, apesar do duro tratamento contra a doença e a significativa perda de peso.

Nos últimos 20 meses, Swayze escreveu suas memórias e gravou The Beast, série produzida pela A&E e que teve relativo sucesso na primeira temporada, mas não emplacou a segunda.

O governador da Califórnia e ex-ator de Hollywood, Arnold Schwarzenegger, disse que Swayze foi "um artista talentoso e apaixonado que tocou a sensibilidade do público em todo o mundo".

Em 1991, Swayze foi eleito o "Homem mais sexy" do planeta pela revista People.

Comediante e dançarino, Swayze foi indicado três vezes para o Globo de Ouro e conviveu com a verdadeira fama de Hollywood sem perder a simplicidade.

Marido fantasma de Demi Moore em "Ghost", na vida real Swayze se casou com a namorada da adolescência Lisa Niemi, em 1975, que se manteve ao seu lado até a morte, algo muito incomum em Hollywood.

Atriz e coreógrafa, Lisa conheceu Swayze nas aulas de dança que a mãe do ator dava no Texas. O casal não teve filhos.

"Iniciei uma nova quimioterapia e, mais uma vez, sou um dos sortudos com câncer de pâncreas que responde bem ao tratamento", disse o ator certa vez, ao desmentir uma das muitas notícias sobre sua morte.

Nascido em 1952, no Texas, Swayze fez sua estréia no cinema em 1979, no musical "Skatetown, USA", antes de viver vários personagens em séries de TV até 1987, quando conheceu o sucesso com "Dirty Dancing", no papel do professor de dança de uma jovem interpretada por Jennifer Grey.

Swayze escreveu e interpretou uma das canções mais populares do filme: "She's like the wind".

Em 1989, o ator voltou ao cinema com um filme B, "Matador de Aluguel" (Road House), mas um ano depois chegou ao topo com Demi Moore e Ghoppi Goldberg em "Ghost, O outro lado da vida".

Em 1991, filmou "Caçadores de Emoção" (Point Break), com Keanu Reeves, no filme de ação com surfistas e ladrões.

Entre os anos 90 e 2000, Swayze teve algumas atuações que foram bem recebidas pela crítica, como "Donnie Darko", ao lado de Jake e Maggie Gyllenhaal (2001), mas suas oportunidades no cinema foram diminuindo drasticamente.

Durante a febre dos "remakes", Swayze teve um papel menor em "Dirty Dancing 2", mas o filme foi um grande fracasso de bilheteria.

pb/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG