Campos: diretórios do PSB decidirão sobre Ciro na terça

O governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, informou hoje que o futuro da pré-candidatura presidencial de Ciro Gomes (PSB) deverá ser decidida na terça-feira, em reunião da Executiva Nacional, com base na posição que a maioria dos diretórios estaduais adotar nas próximas horas. Campos deu a informação ao sair do Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), sede temporária do governo federal, em Brasília, onde ele e outros dirigentes do PSB estiveram reunidos com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Agência Estado |

Após um encontro com técnicos do governo para falar sobre a obra de construção da Transnordestina, Campos, o governador do Ceará, Cid Gomes (irmão de Ciro), e o governador do Piauí, Wilson Martins, tiveram uma conversa em separado com Lula, segundo o governador pernambucano.

Campos relatou ainda que, em outra reunião com Ciro, hoje, no almoço, ficou decidido que a Executiva Nacional do PSB, com vistas à reunião programada para a terça-feira, começaria ainda hoje a enviar consultas a todos os diretórios estaduais para saber se querem ou não a candidatura presidencial própria. "Alguns diretórios querem, outros não querem", disse. "Temos que ter o partido unificado. Ciro comunicou que deseja manter a candidatura."

Segundo o presidente do PSB, a pré-candidata presidencial petista, Dilma Rousseff, que chegou no meio da tarde ao CCBB, não participou das conversas sobre a candidatura de Ciro Gomes. Campos relatou ainda que Ciro, durante o almoço, declarou: "Se eu for mantido candidato disputarei com entusiasmo. Se não for, concordarei com a posição do partido." O governador concluiu: "O partido é soberano. Estamos esperando a reunião de terça-feira (da Executiva)."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG