Campanha contra a dengue começa em São Paulo

Doze réplicas gigantes de mosquitos transmissores da dengue estão pousando nos municípios com o maior número de infestação por larvas do Estado de São Paulo. A instalação dos bonecos marcaram na sexta-feira o início da campanha de combate à doença, que este ano já infectou 6.

Agência Estado |

579 pessoas até o mês passado. A ideia é fazer com que os “mosquitões” incentivem ações de extermínio aos criadouros do Aedes aegypti, que só se reproduz em recipientes com água parada.

Os três primeiros mosquitões pousaram nas cidades do Guarujá e Potim e no bairro de Vila Sônia, em São Paulo, que lidera a infestação por larvas na capital. “Quando ocorre uma participação ativa da população, o resultado da campanha é sempre positivo”, afirma Affonso Viviani, da Superintendência de Controle de Endemias do Estado (Sucen).

A Secretaria de Estado da Saúde manterá parceria com empresas de telefonia móvel, que irão disparar mensagens eletrônicas com alertas sobre a dengue. Em 2007, foram quase 90 mil casos no Estado e 7.364, em 2008. As informações são do Jornal da Tarde.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG