NOVA YORK ¿ O argentino Juan José Campanella, que este ano venceu o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro com O Segredo dos Seus Olhos, assegurou que em um prazo de cinco anos todos os filmes serão na tecnologia 3D.

"Em cinco ou seis anos, fazer um filme que não seja em 3D será uma decisão criativa, como é hoje rodar em preto e branco", disse o cineasta em entrevista à Agência Efe em Nova York. Campanella está nos Estados Unidos para promover "O Segredo dos Seus Olhos", que este mês estreará em 60 cidades do país.

O cineasta, conhecido tanto pelo sucesso no cinema argentino, como em "O Filho da Noiva" (2001), como por sua experiência na televisão americana, disse que a imensa maioria do cinema vai contar com essa tecnologia, e que o público estará "muito acostumado a isso".

"Essa tecnologia veio para ficar, e me vejo dirigindo um filme em 3D com atores reais. Meu trabalho é contar histórias, e isso não vai mudar, apesar de todos esses avanços", assinalou.

Para Campanella, o 3D representa um avanço como o que aconteceu "com o cinema em cores, mas não uma revolução como a do cinema com som, numa época em que ninguém sabia escrever um roteiro, muitos atores perderam seus empregos e tudo de ser reinventado".

O argentino, que trabalha na televisão americana desde 1992 e que dirigiu capítulos de séries bem-sucedidas como "30 Rock", "Law & Order" e "House", assegurou ainda que considera "as séries americanas melhores que os filmes de Hollywood".

Leia mais sobre: Juan José Campanella

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.