Caminhoneiro bêbado é acusado de matar 1 pessoa em Campinas

CAMPINAS - Embreagado e ao volante de um Ford Cargo, da Transportadora Rodo Import, Ronilson Barbosa Correia, de 37 anos, atingiu de frente dois veículos de passeio, por volta das 19h desta terça-feira, ao trafegar por pelo menos 3,5 quilômetros na contramão da pista sentido interior-capital da Rodovia Adalberto Panzan, estrada que faz a ligação entre as rodovias Anhangüera e Bandeirantes. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 4,5, em Campinas, interior de São Paulo.

Agência Estado |

Dirceu Domingues, de 44 anos, que dirigia um Gol, com placa de Indaiatuba, morreu no local. Já Ademilson Barbieri, de 33 anos, que ocupava um Renault Clio, também de Indaiatuba, sofreu ferimentos graves.

O caminhoneiro fez o teste do bafômetro e o resultado deu 1,3 mg de álcool por litro de ar expelido. Pela lei, a partir de 0,11 mg o condutor já é considerado alcoolizado. Correia, que mal conseguia falar, disse que não teve culpa pelo ocorrido e que não estava na contramão.

No 4º Distrito Policial de Campinas, o motorista do caminhão foi autuado por dirigir embriagado e indiciado por homicídio e lesão corporal culposos. Só será liberado para responder pelo crime em liberdade caso pague uma fiança, que varia de R$ 300 a R$ 1.200.

Leia mais sobre: acidente

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG