Câmara restringe uso de passagens aéreas apenas a parlamentares

BRASÍLIA - A Câmara dos Deputados restringiu hoje o uso de passagens aéreas apenas a parlamentares e somente em viagens no território brasileiro. O anúncio foi feito há pouco pelo presidente da Casa, deputado Michel Temer (PMDB-SP).

Valor Online |

Ele tomou a medida depois das recentes denúncias de que deputados vinham utilizando sua cota pessoal para comprar bilhetes para parentes e outras pessoas.

Temer anunciou ainda que, a partir de agora, todos os gastos da Câmara, incluindo os relativos às passagens aéreas, serão disponibilizados na internet. Além disso, segundo ele, a emissão de passagens para assessores que forem representar os parlamentares em viagens está condicionada à autorização da 3ª Secretária da Casa.

"Essa é uma reconciliação com a opinião pública", disse Temer. "Há pressão por todos os lados e estamos respondendo a essas manifestações [da sociedade]."
(Agência Brasil)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG