Câmara fecha acordo para votação de 20 projetos de consenso

BRASÍLIA - O presidente da Câmara, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), definiu com os líderes dos partidos uma pauta de 20 itens considerados menos polêmicos a serem votados até o final da próxima semana.

Regina Bandeira - Último Segundo/Santafé Idéias |

Dentre as matérias sobre as quais já há consenso e que devem entrar na pauta nas próximas duas semanas estão a ampliação da licença maternidade de quatro para seis meses, mudanças no Supersimples para incorporar mais empresários, a complementação de fomento à exportação da Lei Kandir, além da criação de penas alternativas de trânsito.

Questionado sobre o fracasso de não ter conseguido fechar um plano de trabalho para o período que antecede as eleições municipais, o presidente da Câmara não deu o braço a torcer. Cada dia temos de resolver um problema novo que se apresenta. A paralisação da Casa com a obstrução e a falta de acordo tinham  de ser resolvidos. Hoje, só quero comemorar, disse.

A chamada PEC (Proposta de Emenda Constitucional) das MPs, que modifica a tramitação das medidas provisórias no Legislativo é um dos itens importantes que ficou de ser analisado após o primeiro turno das eleições municipais.

Leia também:

  • CCJ admite ampliação da licença-maternidade para 6 meses
  • Projeto de lei ampliará acesso ao Supersimples
  • Leia mais sobre: Câmara dos deputados

      Leia tudo sobre: câmara dos deputados

      Notícias Relacionadas


        Mais destaques

        Destaques da home iG