Câmara do DF deve definir hoje quem pode ser candidato

A Câmara Legislativa do Distrito Federal deve definir hoje o número de candidatos que vão disputar as eleições indiretas para governador no próximo sábado. O vencedor vai assumir em definitivo o governo do DF até o fim do ano.

Agência Estado |

Três candidatos aparecem na lista de favoritos: o governador em exercício, deputado Wilson Lima (PR), o petista Antônio Ibañez e o peemedebista Rogério Rosso.

Outros sete nomes foram inscritos, mas um já desistiu e outros avaliam tomar a mesma decisão ainda hoje. A diminuição do número de candidatos deve-se a falhas nos documentos dos postulantes. A Mesa Diretora da Câmara Legislativa analisa hoje quantos serão impugnados.

O problema está em torno das interpretações das regras para disputar a eleição. A Câmara permite, por exemplo, que o candidato não seja deputado, mas determina que esteja filiado a um partido político há pelo menos um ano antes da votação.

A eleição será decidida pelos 24 deputados distritais, dos quais ao menos sete são citados no inquérito do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre o esquema de pagamento de propina no governo, que seria chefiado pelo governador cassado José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM). Como há mais de três chapas inscritas, o candidato vencedor terá de obter maioria absoluta dos votos para ganhar a disputa. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG