Deputados da base governista e da oposição da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLFD) decidiram instalar, em convocação extraordinária que terá início em 11 de janeiro de 2010, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará denúncias de corrupção no DF desde 1991, e a comissão especial que analisará os pedidos de impeachment contra o governador José Roberto Arruda (sem partido) por crime de responsabilidade. Na convocação, que segundo os deputados não terá gastos extras para os cofres públicos, serão escolhidos o presidente e o relator da comissão de investigação e será definida a nova composição para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O anúncio da convocação extraordinária foi feito pelo presidente em exercício da Câmara Legislativa, deputado Cabo Patrício (PT).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.