Câmara do DF aprova orçamento e entra em recesso

A Câmara Legislativa do Distrito Federal entra oficialmente em recesso parlamentar a partir de hoje, depois de votar Orçamento para 2010. A votação se estendeu até a madrugada.

Agência Estado |

No entanto, os deputados distritais aprovaram convocação extraordinária da Casa a partir de 11 de janeiro para dar continuidade às investigações das denúncias de corrupção contra o governador José Roberto Arruda (que se desfiliou do DEM).

As informações sobre o chamado mensalão do DEM vieram à tona com a Operação Caixa de Pandora, deflagrada em 27 de novembro. No inquérito, o governador José Roberto Arruda é apontado como o comandante de um esquema de distribuição de propina a deputados distritais e aliados.

Segundo a Câmara Legislativa, apesar da convocação, não haverá gastos extras para os cofres públicos. Em 11 de janeiro serão instaladas a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar as denúncias, desde 1991, e a comissão especial que analisará os pedidos de impeachment do governador.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG