O plenário da Câmara deve começar a discutir hoje a Medida Provisória 443, que permite ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal a compra de instituições financeiras. O relator da MP, deputado João Paulo Cunha (PT-SP), discutiu os pontos do seu parecer em reunião com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), com o colégio de líderes e com o secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Machado.

O líder do PSDB, José Aníbal (SP), disse que é possível que a votação da MP comece hoje, mas espera que João Paulo apresente o seu texto no início da tarde, para que haja tempo suficiente aos partidos para a análise do conteúdo da proposta. A oposição marcou uma reunião em que o relator vai explicar o seu parecer. O líder do governo na Câmara, deputado Henrique Fontana (PT-RS) disse que a expectativa é que a votação comece hoje. O relator já adiantou que fixará em seu parecer prazo para que as essas aquisições sejam realizadas e mecanismos que permitam transparência nessas operações.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.