A votação do projeto de lei que cria a Petro-Sal ficou para amanhã, em sessão extraordinária que irá começar às 13h na Câmara. A decisão foi aprovada nesta noite pelos deputados após o presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), ter encerrado a etapa de discussão do projeto em plenário.

O líder do PT na Câmara, Cândido Vaccarezza (SP), pretendia votar todo o projeto hoje e que resistia à ideia de votar apenas o texto básico do relatório aprovado na Comissão Especial que trata do assunto.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.