Câmara de SP analisa corte de R$ 2,2 bi no orçamento

Os vereadores da Comissão de Finanças da Câmara Municipal de São Paulo analisam hoje o parecer elaborado por Milton Leite (DEM), que recomenda corte de 7,5% no Orçamento da Prefeitura de São Paulo para 2009. O relatório apresenta um corte linear nas expectativas de receitas de tributos como o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto Sobre Serviços (ISS), além de uma redução linear nas áreas de Saúde e Educação.

Agência Estado |

O corte deve afetar a construção de novos hospitais e de escolas de educação infantil. A votação da receita reduzida de R$ 29,4 bilhões para R$ 27,2 bilhões está prevista para o dia 19 de dezembro. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG