A Câmara Municipal de Praia Grande, na Baixada Santista, vai começar a analisar, na próxima segunda-feira, documentos referentes aos financiamentos concedidos pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para obras no município. Os documentos foram requisitados à Prefeitura após a deflagração da Operação Santa Tereza, da Polícia Federal, que investiga denúncias que ligam o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão (PSDB), ao grupo acusado de desvios na concessão de empréstimos.

As cerca de 4.500 páginas de investigação recebidas hoje na Câmara serão analisadas por uma Comissão Especial de Vereadores (CEV), instaurada no dia 26 de maio. A comissão tem 120 - a partir da sua criação - para apresentar um relatório ao plenário, podendo esse prazo ser prorrogado. Atualmente, o prefeito Mourão possui o apoio de dez dos treze vereadores de Praia Grande, inclusive o do presidente da CEV, Antonio Carlos Rezende (PSDB).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.