como havia informado nesta terça-feira o quarto-secretário Nelson Marquezelli (PTB-SP)." / como havia informado nesta terça-feira o quarto-secretário Nelson Marquezelli (PTB-SP)." /

Câmara corrige números e diz que reforma de apartamentos custará R$ 76 milhões

BRASÍLIA - A reforma nos apartamentos funcionais da Câmara dos Deputados custará R$ 76 milhões e não R$ 150 milhões, http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/04/07/camara+pode+acabar+com+auxilio+moradia+a+deputados+gastos+chegam+a+r+13+mi+5394057.html target=_topcomo havia informado nesta terça-feira o quarto-secretário Nelson Marquezelli (PTB-SP).

Carol Pires, Último Segundo/Santafé Idéias |

Segundo o chefe da Coordenação de Habitação da Câmara, Carlos Laranjeiras, outras reformas estão sendo feitas nos apartamentos funcionais, e o secretário teria contado essas outras obras no cálculo.

Laranjeiras explicou que a primeira etapa de reformas, em andamento, custará R$ 30 milhões; e a segunda etapa, a ser iniciada em julho, custará mais R$ 44 milhões. A reforma anunciada esta manhã por Marquezelli custará, segundo o coordenador, apenas R$ 76 milhões.

A ideia anunciada pela Mesa Diretora após reunião na manhã desta terça-feira é subdividir 432 apartamentos funcionais em Brasília, de três ou quatro quartos, para formar um total de 528 apartamentos de dois quartos. Assim, futuramente, o auxílio moradia de R$ 3 mil reais pagos todo mês aos parlamentares que não moram na capital federal poderia ser extinto.

De acordo com o deputado Marquezelli, hoje, dos 513 deputados, quase a metade mora em apartamentos funcionais, enquanto a outra metade recebe o auxílio. Ao todo, o parlamento gasta cerca de R$ 13 milhões por ano com o benefício. O gasto [da obra] será compensado pela eliminação do auxílio moradia, garantiu o deputado.

Leia mais sobre: Câmara

    Leia tudo sobre: câmara

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG