A Câmara de Sarapuí, a 148 km de São Paulo, na região de Sorocaba, cassou o mandato do prefeito César Dinamarco Corsi (PSDB), acusado de irregularidades administrativas. A decisão unânime foi tomada em sessão extraordinária realizada na noite de sexta-feira, após a leitura dos relatórios das comissões processantes.

O prefeito é acusado de gastos indevidos com viagens e de comprar ração animal com verbas da merenda escolar. Corsi negou as irregularidades e disse que a suposta compra de ração nunca existiu. Advogados do prefeito conseguiram uma liminar na Justiça para que ele se mantenha no cargo. A Câmara tentará derrubar a liminar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.