Câmara aprova projeto para atender vítimas de estupro

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara aprovou ontem, em caráter conclusivo, Projeto de Lei que cria centros de atendimento para vítimas de estupro. A proposta segue agora para avaliação no Senado.

Agência Estado |

Pela proposta, cada Centro de Atendimento Integrado à Mulher (Caim) contará com policiais especializados, peritos do Instituto Médico Legal (IML), integrantes do Ministério Público, corpo médico, assistentes sociais e psicólogos, e funcionará ainda como abrigo temporário para vítimas de violência sexual doméstica.

De acordo com o autor do projeto, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), os recursos para a implantação virão do orçamento destinado à segurança pública e ação social dos Estados. As informações são da Agência Câmara.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG