Câmara aprova indenização a família de militares mortos no Haiti

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um projeto de lei que prevê indenização de 500 mil reais à família de cada um dos 18 militares brasileiros mortos no Haiti, país arrasado em janeiro por um forte terremoto. De autoria do Executivo, a proposta determina a divisão do auxílio especial em parcelas iguais entre os dependentes do militar. O projeto também concede uma bolsa de educação no valor de 510 reais aos dependentes menores de idade ou com até 24 anos, se estudante universitário.

Reuters |

O Ministério da Defesa ainda regulamentará as regras para essas bolsas de estudo quanto ao cadastramento dos dependentes estudantes e da comprovação da matrícula, frequência e rendimento escolar.

Os militares se encontravam no Haiti para participar da missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU), que o Brasil lidera. O projeto ainda passará pelo Senado.

(Reportagem de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG