A Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta quarta-feira o projeto de lei que reajusta os salários de cerca de 1,4 milhão de servidores, integrantes de 16 carreiras e categorias do funcionalismo público federal (800 mil servidores) e das Forças Armadas (600 mil).

Os deputados analisam neste momento os destaques para votação em separado oferecidos ao texto. O primeiro deles, de autoria do PSDB, quer excluir do texto o artigo que proíbe aos ocupantes do Plano Especial de Cargos do Departamento da Polícia Federal acumularem vantagens devidas aos servidores do plano com as de outras carreiras.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.