Sem concluir a votação da Medida Provisória (MP) 431, que altera o plano de cargos e salários de 800 mil funcionários públicos civis e 611 mil militares, a Câmara encerrou a sessão de hoje e antecipou o início do recesso dos deputados. O plenário aprovou hoje o texto básico do projeto de lei de conversão para a MP 431, que reajusta salários de 17 carreiras do funcionalismo público federal, mas não analisou os destaques de votação em separado (DVSs).

Oficialmente, o início da suspensão temporária das atividades do Legislativo está marcado para sexta-feira.

Não houve quórum para os deputados votarem os DVSs apresentados à MP, que prevê reajuste salarial para 1,4 milhão de funcionários públicos. Estão pendentes as votações de sete DVSs. Os deputados voltam do recesso no dia 4. Na Casa, além da MP dos funcionários, outras três trancarão a pauta quando forem reiniciadas as atividades legislativas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.