A Caixa Econômica Federal divulgou nota esclarecendo que a negociação com os sindicatos dos bancários que pôs fim à greve inclui um plano de compensação dos dias não trabalhados. Tal plano prevê a ampliação da jornada de trabalho diária em duas horas e, eventualmente, a critério do responsável da unidade, aos sábados até o dia 15 de dezembro.

"Os dias em greve não serão descontados para aqueles que cumprirem o plano de compensação definido pela empresa até o dia 15 de dezembro", afirma a nota da Caixa. Os funcionários ameaçam fazer protestos nas próximas semanas, que incluem paralisações das atividades de agências por algumas horas dos dias, contra um eventual corte do ponto e a possibilidade de trabalho aos sábados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.