Cai liminar que suspendia leilão de Belo Monte

A Assessoria de imprensa da Advocacia Geral da União (AGU) informou nesta sexta-feira que o presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) em Brasília, Jirair Aram Meguerian, cassou a liminar que impedia a realização do leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA).

iG São Paulo |


Clique aqui para ver o infográfico

Mais cedo, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) havia divulgado comunicado informando oficialmente a suspensão do leilão por conta da liminar - agora cassada.

O leilão de Belo Monte, uma das obras mais polêmicas do País, estava previsto para 20 de abril. Com a liminar derrubada, uma comissão especial da agência deverá avaliar se o prazo será mantido ou se haverá alguma prorrogação.

Ainda não há informações oficiais sobre os procedimentos adotados pela Aneel para restabelecer as próximas etapas do leilão.

(*com informações da Agência Estado)

Entenda:

    Leia tudo sobre: belo monte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG