Cabral vê apresentação do filho na bateria da Mangueira

Livre do papel de anfitrião do presidente Lula no segundo dia de desfiles na Marquês de Sapucaí, o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) acompanhou a passagem de duas escolas de samba na pista. Ao lado do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), ele viu a passagem da Portela e da Mangueira, sua escola de coração.

Agência Estado |

Para ver de perto o filho Marco Antônio, que desfilou como ritmista na Mangueira, o governador foi ao recuo da bateria vestido com uma camisa verde e rosa. Ele elogiou as habilidades de percussionista do filho, que também desfilou na bateria do Salgueiro.

Em seu primeiro carnaval como prefeito, Paes seguiu o estilo do antecessor Cesar Maia (DEM), e foi visto várias vezes na pista com as escolas. Para cada uma delas tinha uma camisa com o nome da agremiação e um chapéu com a fita na cor da escola. Portelense, ele viu o desfile de sua favorita na pista usando uma camisa da diretoria, mas desistiu da ideia de tocar na bateria para não atrapalhar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG