Cabral diz ter discutido empréstimos com Mantega

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), disse, após encontro com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, que se reuniu com o ministro para discutir os projetos de empréstimo que o Estado tomará junto ao Banco Mundial, Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e Caixa Econômica Federal, dentro do aumento do espaço de endividamento que foi autorizado pelo Tesouro Nacional. O Rio de Janeiro reduziu a relação dívida e receita e por isso conseguiu com que o Tesouro aumentasse em R$ 1,5 bilhão o espaço para novos empréstimos.

Agência Estado |

Cabral disse que o dinheiro será utilizado na área de transportes, para a compra de trens modernos e para a Supervia. Ele disse que o dinheiro será utilizado também em obras de saneamento e na área de segurança. Entre eles, está o projeto Cidade da Polícia, que será um centro de referência de inteligência para a Polícia Civil.

Cabral também comentou que a inflação no Brasil está "sob controle absoluto". Ao comentar o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de maio, divulgado hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que foi mais elevado, Cabral afirmou que a pressão de alta dos preços se reduzirá rapidamente. Segundo ele, os fundamentos macroeconômicos no País nunca estiveram tão seguros como agora.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG