Cabral diz que não dirigiu carro multado 23 vezes

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral Filho (PMDB), disse hoje que vai pedir informações ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) para saber se realmente está entre os motoristas que excederam os pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Segundo reportagem do jornal O Dia, ele teria recebido 23 multas desde 2005, acumulando 69 pontos, e poderia perder a habilitação.

Agência Estado |

Cabral alegou que o carro citado na reportagem, um Toyota Corolla, não foi dirigido por ele.

"É claro que, segundo o princípio da razoabilidade, no período 2007-2008 estou no exercício do governo do Estado. Evidentemente, que não fui eu quem dirigiu esse automóvel. Acabei de falar com o presidente do Detran, e ele me disse que todas as multas que foram enviadas pela prefeitura serão avaliadas. Todos os proprietários dos carros serão comunicados para que possam se defender. No meu caso, é público e notório que não fui eu quem dirigiu. Isso é malícia de alguém querendo me imputar isso", disse o governador.

De acordo com "O Dia", Cabral recebeu multas por várias infrações: ultrapassou o limite de velocidade, fez retorno em local proibido, transpôs bloqueio rodoviário e avançou sinal vermelho. Além disso, o motorista do veículo foi flagrado dirigindo enquanto falava ao celular, ainda de acordo com o jornal carioca. O Departamento Estadual de Trânsito (Detran) informou que não pode comentar os dados, que são sigilosos, e por isso não confirmou as informações.

    Leia tudo sobre: cabralsergio cabral

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG