Buscas por crianças desaparecidas após chuvas continuam em São Paulo

São Paulo - Duas crianças de idades não divulgadas estão sendo procuradas desde ontem (10) pelo Corpo de Bombeiros depois de se perderem nas enchentes ocasionadas pelas fortes de chuvas na capital paulista. As buscas começaram ontem às 15h57 na zona leste, no Jardim Helena, que continua alagado.

Agência Brasil |

As buscas recomeçaram hoje (11) e, segundo o Corpo de Bombeiros, ainda não há prazo para acabar. Na terça-feira (8), choveu cerca de 33,5% além do esperado na cidade de São Paulo, causando enchentes, alagamentos e desabamentos.

AE

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da Prefeitura, desde 1999, quando o órgão foi criado, nunca houve nada semelhante na cidade. A estrada entre as cidades de Mogi e Bertioga continua interditada, segundo informações do Departamento de Estradas e Rodagem (DER), porque caiu uma pedra de sete metros na pista, além de várias árvores. 

De acordo com o especialista em análise de risco do CGE, Fernando Reis, há documentos que comprovam que a primeira grande enchente que se tem conhecimento na cidade aconteceu em 1892. "Temos fotos da região central completamente alagada. Infelizmente, este fenômeno é comum e não há solução para o problema. O que se pode é minimizá-lo, limpando os córregos e não jogar lixo na rua", afirmou. Reis disse, ainda, que é possível que chova forte nesta tarde, assim como nas madrugadas de sexta-feira para sábado e de sábado para domingo.

Cerca de 2.500 famílias foram atendidas por técnicos da Secretaria Municipal de Assistência Social e 267 foram encaminhadas para alojamentos ou abrigos. De acordo com a assessoria de imprensa da secretaria, as famílias receberam colchões, cobertores e alimentos.

Leia também:

Saiba mais sobre chuvas

    Leia tudo sobre: chuvachuvas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG