avião desapareceu quando voava do Rio de Janeiro para Paris. Na buscas, estão envolvidos uma aeronave C-130 Hércules, um P-95 Bandeirante de patrulha marítima e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento." / avião desapareceu quando voava do Rio de Janeiro para Paris. Na buscas, estão envolvidos uma aeronave C-130 Hércules, um P-95 Bandeirante de patrulha marítima e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento." /

Buscas por avião começaram às 2h30 da madrugada, informa FAB

BRASÍLIA - A Aeronáutica divulgou nesta manhã nota em que informa ter iniciado às 2h30 desta segunda-feira as buscas para localizar o avião do voo 447 da Air France. O http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/06/01/voo+entre+brasil+e+franca+desaparece+diz+air+france+6458920.htmlavião desapareceu quando voava do Rio de Janeiro para Paris. Na buscas, estão envolvidos uma aeronave C-130 Hércules, um P-95 Bandeirante de patrulha marítima e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento.

Sarah Barros, repórter em Brasília |

Veja no infográfico a rota do airbus avião da Air France desaparece

O último contato do avião com o Centro de Controle de Área Atlântico (Cindacta 3), no Brasil, foi às 22h33 (horário de Brasília), via rádio. O comandante da aeronave informava que ingressaria no espaço aéreo de Dakar ¿ Senegal, a 1.228 quilômetros de Natal às 23h20 (horário de Brasília).

De acordo com o órgão brasileiro, ao sair da cobertura radar do Cindacta 3, de Fernando de Noronha, as informações da aeronave indicavam que ela voava normalmente a 35.000 pés de altitude e a uma velocidade de 840 quilômetros por hora. 

Por volta das 23h20, a aeronave da Air France não efetuou o contato rádio previsto com o Cindacta 3, o que foi informado ao Controle Dakar.

A Aeronáutica recebeu às 8h30 (horário de Brasília) desta segunda-feira informação da Air France de que o vôo AFR 447 enviou uma mensagem para a companhia informando problemas técnicos na aeronave, como perda de pressurização e falha no sistema elétrico.

Veja a nota na íntegra:

"O Comando da Aeronáutica informa que iniciou as buscas para localizar o vôo 447 da AIRFRANCE, que desapareceu quando voava do Rio de Janeiro ¿ RJ para Paris ¿ França, com estimada de pouso às 06h10(horário de Brasília).

A aeronave da AIRFRANCE decolou do Aeroporto do Galeão às 19h30 (horário de Brasília). Às 22h33 (horário de Brasília) o vôo AFR 447 realizou o último contato via rádio com o Centro de Controle de Área Atlântico (CINDACTA III) na posição INTOL (565 quilômetros de Natal RN), informando que ingressaria no espaço aéreo de DAKAR - Senegal (posição TASIL ¿ 1.228 quilômetros de Natal RN), às 23h20 (horário de Brasília). Às 22h48 (horário de Brasília), quando a aeronave saiu da cobertura radar do CINDACTA III, de Fernando de Noronha, as informações indicavam que a aeronave voava normalmente a 35.000 pés (11 quilômetros) de altitude e a uma velocidade de 453 KT (840 quilômetros por hora).

No horário estimado para a posição TASIL (23h20), a aeronave da AIRFRANCE não efetuou o contato rádio previsto com o CINDACTA III, o que foi informado ao Controle DAKAR.

A Companhia AIRFRANCE informou ao CINDACTA III, às 08h30 (horário de Brasília), que a aproximadamente 100 quilômetros da posição TASIL, o vôo AFR 447 enviou uma mensagem para a companhia informando problemas técnicos na aeronave (perda de pressurização e falha no sistema elétrico).

Às 02h30 (horário de Brasília), o SALVAERO Recife acionou os meios de busca da Força Aérea Brasileira ¿ FAB, com 01 aeronave C-130 Hércules, 01 P-95 Bandeirante de patrulha marítima e o Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARASAR).

Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez

Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica"

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG