Bruce Willis é processado em US$ 4 mi por quebra de contrato

WASHINGTON -O ator Bruce Willis foi processado por três produtoras que pedem uma indenização de US$ 4 milhões por quebra de contrato, informa hoje a imprensa dos Estados Unidos.

EFE |

As companhias Foresight Unlimited, Signature Entertainment Group e Three Stories Productions apresentaram o processo contra o ator na Corte Superior de Los Angeles.

As empresas alegam que Willis tinha sido contratado para dirigir um filme intitulado "Three Stories About Joan", estrelado por Joan Owen Wilson e Camilla Belle.

Segundo o site especializado em famosos "tmz.com", no processo as produtoras alegam que "Willis repentinamente e sem aviso prévio deu por concluído seu trabalho como diretor, e alegando motivos pessoais abandonou o projeto".

O advogado Marty Singer, representante legal de Willis, disse que o processo é "absurdo", e assegurou que o projeto do filme foi encerrado porque as produtoras não têm dinheiro para pagar ninguém.

O ator tinha assinado um contrato de US$ 196.404 para dirigir o filme, que contava com um orçamento total de US$ 20 milhões.

Singer assegurou à imprensa que Willis vai entrar com um processo contra as produtoras para receber o que estava acertado em contrato.

EFE elv/mh

    Leia tudo sobre: bruce willis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG