Britney é destaque na 25ª edição do Video Music Awards

Antonio Martín Guirado. Los Angeles, 7 set (EFE).- O tapete vermelho volta a se desdobrar em Hollywood esta noite para receber os convidados da 25ª edição do MTV Vídeo Music Awards (VMA), que contará com a esperada reaparição de Britney Spears e pequenos shows de Christina Aguilera, Kanye West e Rihanna.

EFE |

O VMA, que desde 1998 não acontecia em Los Angeles, está de volta à cidade americana a partir das 18h (23h de Brasília) nos estúdios da Paramount.

A premiação será apresentada pelo comediante inglês Russell Brand, uma figura muito popular na Inglaterra, mas que só é conhecido nos EUA por seu papel em "Forgetting Sarah Marshall" (Ressaca de Amor), de 2008.

"Quando pensamos em trazer o VMA novamente a Los Angeles, parte da idéia era devido à excitação que Hollywood está gerando atualmente", admitiu Tim Rosta, vice-presidente de marketing da MTV, ao jornal "Los Angeles Times".

Desde quarta-feira passada, já aconteceram cerca de 15 festas relacionadas ao evento, a maior organizada pelo rapper The Game no clube Kress, no coração de Hollywood.

Britney não atuará, mas será a encarregada de abrir a premiação, após sua criticada atuação na cerimônia do ano passado, quando interpretou a canção "Gimme More" e apareceu acima do peso e sem muita desenvoltura em seus movimentos.

No entanto, após problemas com drogas e álcool, o divórcio de Kevin Federline e a perda temporária da guarda de seus filhos, a vida da cantora parece estar mais tranqüila, com a preparação de seu próximo álbum e as boas críticas que recebeu após aparecer na série da CBS "How I Met Your Mother".

Além disso, a artista, de 26 anos, é candidata a três prêmios graças à música "Piece of me": melhor vídeo do ano interpretado por uma mulher, melhor vídeo pop e melhor vídeo de 2008.

Nesta última categoria, a mais prestigiada, ela concorrerá com "Burnin Up", de Jonas Brothers; "Forever", de Chris Brown; "When I Grow Up", de The Pussycat Dolls e "Shut Up and Let Me Go", de Ting Tings.

O rapper Kanye West, que jurou no ano passado em Las Vegas que não voltaria a cantar no VMA por não receber nenhuma estatueta, apesar de ter sido nomeado várias vezes, encerrará a cerimônia que terá duração de cerca de duas horas.

Kid Rock, ainda lembrado por sua briga com Tommy Lee na cerimônia do ano passado (ambos foram casados com Pamela Anderson), será um atrativo a mais da festa, na qual também atuará o cantor T.I., que ficará um ano preso em 2009 após completar mil horas de serviço comunitário.

T.I., cujo verdadeiro nome é Clifford Harris, se declarou culpado em março de acusações por posse ilegal de armas. Na festa, formará um dueto com Rihanna, uma das artistas do momento, graças a hits como "Umbrella" e "Don't Stop The Music".

Na lista de intérpretes também aparecem Jonas Brothers, Lil Wayne, Paramore e Katy Perry, que está fazendo sucesso no mundo todo com a música "I Kissed a Girl".

Perry, além de cantar seu maior sucesso, homenageará Madonna com uma versão de "Like a Virgin", dentre as promessas da MTV para os 25 anos de história desta premiação.

Os apresentadores da festa também darão glamour ao evento, que contará com a presença do campeão olímpico Michael Phelps; dos atores de "High School Musical" Zac Efron, Vanessa Hudgens, Ashley Tisdale e Corbin Bleu, da adolescente Miley Cyrus e da polêmica Lindsay Lohan.

Segundo os diretores da MTV, o espetáculo é idealizado para prestar homenagem à contínua lealdade da cadeia na transmissão de clipes, com um formato para divulgar novas músicas dos intérpretes, hoje em dia muito mais vistos na internet do que na própria televisão. EFE mg/ab/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG