Briga entre pai e filho acaba em tragédia em Sorocaba

O advogado Paulo Fernando Coelho Fleury, de 47 anos, e seu filho Paulo Fernando Coelho Fleury Filho, de 20, morreram na noite deste sábado após uma discussão na casa da família, no Jardim das Américas, em Sorocaba. Paulo Fleury, que era irmão do ex-governador de São Paulo Luiz Antônio Fleury Filho, teria discutido com o filho e disparado um tiro em sua direção, atingindo a axila esquerda.

Agência Estado |

Em seguida, Fleury teria apontado o revólver calibre 32 para a têmpora direita e disparado, morrendo imediatamente.

Segundo a polícia, que ouviu relatos da família, Fleury teria ameaçado o filho com o revólver, que teria disparado acidentalmente. Outra hipótese, segundo os parentes das vítimas, é que o advogado teria tentado dar um tiro de advertência e acertado o rapaz. A polícia não acredita na possibilidade de haver o envolvimento no crime de uma terceira pessoa. A arma foi encontrada ao lado do corpo do advogado.

Por volta das 23h de ontem, após a perícia técnica feita no local, os corpos foram retirados da cena do crime.

Paulo Fernando Coelho Fleury era um advogado conhecido na região de Sorocaba, onde prestava assessoria jurídica a vários municípios. Ele era casado e tinha outras duas filhas. O filho era estudante de direito. A família ficou em choque após a tragédia e foi socorrida por vizinhos.

Os corpos de pai e filho foram velados até o início desta tarde na Organização Funerária das Entidades Beneficentes e Assistenciais de Sorocaba (Ofebas) e o enterro será realizado às 13h no Cemitério Pax, na zona leste da cidade.

Leia mais sobre violência

    Leia tudo sobre: violência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG