Briga em forró termina com dois mortos e dez feridos no Rio de Janeiro

Duas pessoas morreram e dez ficaram feridas, na madrugada deste domingo, após uma briga no forró Night Dance, localizado na Estrada do Mendanha, em Campo Grande, zona oeste do Rio de Janeiro.

iG São Paulo e iG Rio de Janeiro |

Dos dez feridos, três já tiveram alta e dois foram operados. Vagner Lopes da Silva e Eduardo dos Santos continuam no centro cirúrgico do Hospital Estadual Rocha Faria, segundo as últimas informações da secretaria estadual de saúde. Juelinton da Silva, com uma lesão no abdomém, passará por uma cirurgia no Hospital Estadual Albert Schweitzer.

Luiz Hamilton Gonçaves e um homem identificado como Ismar se recuperam do pós-operatório, no Rocha Faria. Do mesmo hospitaram obtiveram alta: Marcelo Barreto de Oliveira, Bruno Moraes Carvalho e Laurindo Braga da Silva. O paciente Lúcio Alexandre de Araújo está sendo avaliado no Albert Schweitzer. E a menor, de 16 anos, Géssica Guimarães, também considerada ferida no incidente, não deu entrada em nenhum dos hospitais. 

A confusão teria começado após uma discussão entre um ex-policial e um homem que estava no forró. Segundo informações da polícia, o ex-policial teria chegado armado ao local, por volta das 3h30, e iniciado a discussão. 

Na briga, tiros foram disparados, causando pânico e muita correria. O homem que discutia com o ex-policial, o PM reformado Elias Ximenes, e o filho adotivo dele morreram no tiroteio. Os feridos foram levados para hospitais da região.

O caso foi registrado na 35ª DP (Campo Grande).

Leia mais sobre Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: forroriotiroteio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG