Brasileiros e franceses eram maioria em voo da Air France

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A maioria dos passageiros do voo da Air France que desapareceu após decolar do Rio de Janeiro com destino a Paris era formada por brasileiros e franceses, segundo dados da Agência Nacional de Aviação Civil e da companhia aérea francesa. Em Paris, a Air France divulgou na segunda-feira que 61 franceses e 58 brasileiros estavam no voo AF 447, além de 26 alemães, 9 chineses, 9 italianos e 6 suíços. No total, seriam 32 nacionalidades entre as 228 pessoas a bordo.

Reuters |

A Anac informou que estavam a bordo do avião 51 passageiros e um tripulante brasileiros, de acordo com a checagem das nacionalidades realizada pela Polícia Federal.

"Entre os brasileiros, havia alguns com dupla nacionalidade", informou o órgão em comunicado.

Mais cedo, o gerente da Air France no Rio de Janeiro, Antonio Jorge Assunção, disse que havia 80 brasileiros a bordo do avião desaparecido.

De acordo com Assunção, estavam no voo, além dos brasileiros, 73 franceses, 18 alemães, 9 italianos, 6 norte-americanos, 5 chineses, 4 húngaros, 2 espanhóis, 2 ingleses, 2 marroquinos e 2 irlandeses.

A Anac informou que a Air France está entrando em contato individualmente com os familiares dos passageiros do voo AF 447 em dois centros de atendimento no Rio.

"Somente após a informação aos familiares é que a companhia aérea deverá divulgar a lista com os nomes de passageiros e tripulantes a bordo", disse a Anac em nota.

O Airbus A330-200, que fazia o voo AF 447, desapareceu com 228 pessoas a bordo (216 passageiros e 12 tripulantes) depois de decolar do Rio às 19h de domingo. A aeronave tinha previsão de chegar à capital francesa às 6h15 (de Brasília), segundo a empresa.

(Por Rodrigo Viga Gaier, com reportagem adicional de Tatiana Ramil)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG