Brasil vai emitir 100 vistos de trabalho para haitianos por mês

Haitanos terão de fazer pedido em seu país, mas não precisarão comprovar vínculo empregatício prévio para conseguir o visto

Wilson Lima, iG Maranhão |

O Conselho Nacional de Imigração (Cnig) aprovou na tarde desta quinta-feira (12) a limitação da entrada de haitianos no Brasil. A partir de agora, o País emitirá apenas 100 vistos mensalmente para os refugiados que pretendem trabalhar em solo brasileiro. A limitação de vistos valerá para os próximos dois anos.

Porta fechada: Brasil decide controlar entrada de haitianos e limita vistos

Casa no Brasil: Haitianos refugiados no Acre são enviados a SP e Porto Alegre

Eldorado fechado: Número de haitianos buscando asilo no Acre cai nos últimos 7 dias

Cada visto valerá por cinco anos e serão expedidos pela embaixada do Brasil em Porto Príncipe. Os haitanos não precisarão comprovar vínculo empregatício prévio para conseguir o visto. No entanto, a partir de agora, os novos refugiados que forem flagrados sem documentação serão deportados.

Além disso, o Cnig, órgão vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), também concederá outros 2,4 mil vistos aos haitianos que estão no Brasil de forma irregular. Desde o terremoto que assolou o Haiti em 2010 e matou cerca de 200 mil pessoas, cerca de 4 mil haitianos entraram de forma ilegal no Brasil.

Gleilson Miranda/Secom/Divulgação
Os haitianos Angelina e Wesley Saint-Fleur moram em banheiro no Acre
Na segunda-feira, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que será intensificada a fiscalização na fronteira do Brasil com a Bolívia, Peru e Equador. Mas ainda não há data para realização de algum tipo de operação de combate à entrada ilegal de refugiados no Brasil. Somente entre o final do ano passado e início deste ano, pelo menos 720 haitianos entraram no país de forma ilegal e se concentraram nas cidades de Brasileia, no Acre e em Tabatinga, Amazonas.

Por uma vida melhor: Cidade do Acre recebe 550 refugiados do Haiti em 10 dias

Refugiados do terremoto: Manaus vira "eldorado" para haitianos no Brasil

Visita: Governo anuncia viagem de Dilma a Cuba e ao Haiti

Na próxima semana, uma delegação interministerial de técnicos visitará Rio Branco com o intuito de assinar termos de cooperação com o governo do Acre para melhorar a assistência aos haitianos que estão em Brasileia. O governo do Amazonas também pediu ajuda ao governo federal para manter os refugiados que estão em Tabatinga.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG