Brasil terá feriado em 680 municípios nesta sexta-feira

Levantamento da Secretaria Especial da Igualdade Racial indica que cerca de 680 municípios do País vão comemorar nesta sexta-feira - com feriado ou ponto facultativo - o Dia Nacional da Consciência Negra. Isso representa 12,2% do total de 5. 564 municípios.

iG São Paulo |

No Rio e em Mato Grosso, a data será lembrada em todos os municípios, por determinação de suas assembleias legislativas. Em capitais como Belo Horizonte, Curitiba e Brasília, não há feriado nesta sexta-feira.

Em São Paulo, Estado com a maior população negra do País, em termos absolutos, 104 municípios, de um total de 645, aderiram à comemoração. Na Bahia, apenas seis municípios vão lembrar a data, segundo o levantamento. É um número que pode ser considerado pequeno, levando em conta que, entre todos os Estados, a Bahia é o que registra a maior participação de negros no conjunto da população, chegando a 13%.

Atos públicos

Para comemorar o Dia Nacional da Consciência Negra, o governo promove uma série de atividades em todo o País. A principal delas ocorre em Salvador (BA), com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do ministro da Igualdade Racial, Edson Santos.

Em ato público na Praça Castro Alves, o presidente Lula vai assinar 30 decretos para a titulação de comunidades de quilombos de 14 Estados. Do evento, participam o ministro Edson Santos e o presidente do Incra, Rolf Hackbart. Também será lançado o Selo Quilombola, marca que será atribuída aos produtos artesanais criados por comunidades de remanescentes de quilombos de todo o País como forma de agregar identidade cultural e valor econômico a essa produção.

Outras atividades marcam a data, como o lançamento da Fase 2 do A Cor da Cultura, projeto educativo de valorização da cultura afro-brasileira por meio de programas audiovisuais, fruto da parceria entre Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Ministério da Educação, Fundação Cultural Palmares, Fundação Roberto Marinho, Petrobras e Centro de Informação e Documentação do Artista Negro (Cidan). Iniciado em 2004, o projeto está apoiado na Lei nº 10.639/03, que estabelece o ensino da história da África e dos negros brasileiros nas escolas de todo o país. Por meio do novo contrato, a Petrobras destinará R$ 9 milhões para a implementação da nova fase do projeto, que inclui ações presenciais, de comunicação, monitoramento e de produção e distribuição de novos conteúdos.

*Com Agência Estado

Leia mais sobre: feriado - Dia da Consciência Negra

    Leia tudo sobre: feriado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG