rebatizada de gripe A H1N1 pela Organização Mundial da Saúde) no País. Ao todo, o Brasil registra 737 ocorrências da doença e, segundo o Ministério, a maioria desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação." / gripe suína ; total vai a 737 - Brasil - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela Organização Mundial da Saúde) no País. Ao todo, o Brasil registra 737 ocorrências da doença e, segundo o Ministério, a maioria desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação." /

Brasil tem mais 44 casos de gripe suína ; total vai a 737

SÃO PAULO - O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira que há mais 44 casos de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela Organização Mundial da Saúde) no País. Ao todo, o Brasil registra 737 ocorrências da doença e, segundo o Ministério, a maioria desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação.

Redação |


Entre os novos casos confirmados, a maioria é do Rio de Janeiro (14) e do Rio Grande do Sul (9). Além destes, Minas Gerais registrou oito novos casos, seguido por São Paulo (6), Distrito Federal (3), Paraná (2) e Santa Catarina (2).

De acordo com o Ministério da Saúde, um caso do Maranhão, contabilizado na nota desta quarta-feira (1/7) foi excluído por erro no preenchimento do banco de dados. Tratava-se de um caso descartado que foi equivocadamente informado como confirmado.

O Ministério afirma também que a "quase totalidade desses pacientes já recebeu alta ou está em processo de recuperação". Ainda, de acordo com o Ministério, para todos os casos, estão sendo realizadas buscas ativas e monitoramento de todas as pessoas que tiveram contato com as pessoas infectadas.

O número de casos suspeitos da doença, até 30 de junho, o Ministério da Saúde acompanhava 1.049 casos suspeitos no país. As amostras com secreções respiratórias dos pacientes estão em análise laboratorial. Outros 1.041 casos foram descartados.

Entre os 694 casos de "gripe suína" no Brasil confirmados até o dia 30 de junho, 428 pessoas foram infectadas no exterior, o que corresponde a 61,7% do total. As trasmissões ocorridas dentro do País somam 176 (25,4%) e outros 90 casos ainda estão em investigação.

Apesar do número de infectados no Brasil, o Ministério da Saúde diz que, até o momento, a transmissão da gripe no Brasil é limitada e sem evidências de sustentabilidade, pois tem vínculos com casos procedentes do exterior.

De acordo com o Ministério, os principais locais de provável infecção são Argentina (269 casos), Estados Unidos (82) e Chile (41).

A doença no mundo

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), 35 países têm casos de transmissão do vírus em seu território: Europa (Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estônia, França, Alemanha, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido); Américas (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Guatemala, México, Panamá, Peru e Uruguai); Ásia (Japão); África (Egito) e Oceania (Austrália).

Atendimento em barracas

O Hospital das Clínicas de Porto Alegre instalou duas barracas de lonas pretas em frente ao serviço de emergência da unidade para atender pessoas com suspeita de gripe suína. No local, os pacientes passam por exames clínicos e, caso seja preciso, os médicos coletam materiais para análise.

Entenda a "gripe suína":

Veja também:

Leia mais sobre: gripe suína

    Leia tudo sobre: brasilgripe suínaministério da saúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG