SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Saúde confirmou nesta segunda-feira 5 novos casos de gripe H1N1 no Brasil, elevando o total de pacientes infectados no país a 74. Segundo o ministério, todos os novos casos foram contraídos no exterior. Quatro deles foram registrados no Estado de São Paulo e um no Distrito Federal.

"Os pacientes foram infectados no exterior. Todos estão em tratamento e passam bem", informou o ministério em um comunicado.

Segundo o Ministério da Saúde, os Estados com casos confirmados da doença até o momento são: São Paulo (27 casos), Santa Catarina (17), Rio de Janeiro (10), Minas Gerais (9), Tocantins (4), Distrito Federal (3), Mato Grosso (2), Bahia (1) e Rio Grande do Sul (1).

Do total de casos confirmados, 18 foram contraídos dentro do país. Mas, de acordo com o ministério, todos esses pacientes têm vínculos epidemiológicos com outros procedentes do exterior.

"Desse modo, a transmissão no Brasil é limitada e não há evidência de sustentabilidade da transmissão de pessoa para pessoa do vírus da Influenza A (H1N1)", disse a nota.

O ministério informou ainda que acompanha outros 79 casos suspeitos no país. Outros 480 casos foram descartados.

Na última quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou seu alerta de pandemia para o nível 6, o máximo na escala existente, o que significa uma epidemia global de influenza.

A gripe H1N1 já afetou cerca de 30 mil pessoas em 81 países, causando mais de 140 mortes, segundo os últimos registros da OMS.

(Por Fabio Murakawa)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.