rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), elevando para 69 o número de pessoas contaminadas no Brasil, segundo boletim divulgado neste domingo. Dos casos recém confirmados, sete estão em Santa Catarina e quatro em Minas Gerais." / gripe suína ; total soma 69 - Brasil - iG" / rebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), elevando para 69 o número de pessoas contaminadas no Brasil, segundo boletim divulgado neste domingo. Dos casos recém confirmados, sete estão em Santa Catarina e quatro em Minas Gerais." /

Brasil tem 11 novos casos de gripe suína ; total soma 69

O Ministério da Saúde informa que foram confirmados 11 novos casos de gripe suína (http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2009/04/30/oms+decide+mudar+nome+da+gripe+suina+5867916.html target=_toprebatizada de gripe A H1N1 pela OMS), elevando para 69 o número de pessoas contaminadas no Brasil, segundo boletim divulgado neste domingo. Dos casos recém confirmados, sete estão em Santa Catarina e quatro em Minas Gerais.

Agência Estado |



A infecção se deu no exterior e, segundo o Ministério da Saúde, esses pacientes estão em tratamento e passam bem.

O maior número de infectados pela "gripe suína" está em São Paulo, com 23 casos detectados. Os demais estados brasileiros com registros dos vírus influenza A (H1N1) são Santa Catarina (17), Rio de Janeiro (10), Minas Gerais (9), Tocantins (4), Mato Grosso (2), Distrito Federal (2), Rio Grande do Sul (1) e Bahia (1).

O Ministério da Saúde acompanha outras 70 suspeitas de infecção pelo vírus da "gripe suína" no País. As amostras com secreções respiratórias dos pacientes estão em análise laboratorial. Os casos suspeitos estão nos estados de São Paulo (23), Minas Gerais (14), Santa Catarina (7), Paraná (6), Pernambuco (6), Distrito Federal (4), Rio de Janeiro (2), Rondônia (2), Rio Grande do Sul (2), Rio Grande do Norte (2), Mato Grosso do Sul (1) e Paraíba (1).

Até o momento, 466 suspeitas foram descartadas pelo Ministério.

Do total de casos confirmados, 17 são de transmissão autóctone (ocorrida dentro do território nacional), todos com vínculos epidemiológicos com pacientes procedentes do exterior. "Desse modo, a transmissão no Brasil é limitada e não há evidência de sustentabilidade da transmissão de pessoa a pessoa do vírus da Influenza A (H1N1)", informa a nota oficial do Ministério da Saúde.

Até o momento, 81 países têm casos confirmados e divulgados da doença, de acordo com informações dos governos ou da Organização Mundial de Saúde (OMS), sendo que em 35 deles há casos autóctones de transmissão do vírus: Europa (Áustria, Bélgica, Dinamarca, Estônia, França, Alemanha, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Holanda, Noruega, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Espanha, Suécia, Suíça e Reino Unido); América (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, EUA,Guatemala, México, Panamá, Peru e Uruguai); Ásia (Japão); África (Egito) e Oceania (Austrália). Segundo a OMS, o México, os EUA, o Canadá e a Austrália (Estado da Victoria) são considerados os países com transmissão sustentada da Influenza A.

Leia mais sobre gripe suína

    Leia tudo sobre: gripe suína

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG