Brasil responde carta do presidente italiano sobre Battisti

BRASÍLIA - O governo brasileiro entrega nesta sexta-feira carta em resposta ao presidente da Itália, Giorgio Napolitano, sobre a decisão de conceder refúgio político a Cesare Battisti, ex-ativista de um grupo armado de esquerda condenado à revelia por quatro homicídios no País europeu.

Reuters |

AP
Battisti foi condenado à prisão perpétua

Battisti foi condenado
à prisão perpétua

A correspondência foi assinada na noite de quinta-feira pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Um diplomata do Itamaraty entregará a carta nesta sexta-feira ao embaixador italiano em Brasília.

O Palácio do Planalto decidiu não comentar o conteúdo da carta. Informou apenas que, se for do interesse da Itália, o presidente do País europeu que o divulgue.

O governo brasileiro ficou irritado com a divulgação pela Itália da carta por meio da qual Napolitano criticou o Brasil. Lula já afirmou que a decisão foi "soberana".

Esta semana o governo italiano disse que poderia chamar seu embaixador em Brasília para consultas em protesto contra a decisão do Brasil de conceder refúgio político a Battisti.

Veja também:

Leia mais sobre: Cesare Battisti

    Leia tudo sobre: asilo políticocesare battisti

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG