SÃO PAULO (Reuters) - O Ministério da Saúde informou neste sábado que mais quatro pacientes foram infectados com o vírus da nova gripe H1N1, elevando o total de casos confirmados da doença no Brasil para 58. Há ainda outros 73 casos suspeitos no país. Os novos casos foram notificados em São Paulo (3) e no Distrito Federal.

"Dois pacientes (um de SP e outro do DF) foram infectados pelo vírus A (H1N1) no exterior. Os outros dois casos (ambos de SP) foram infectados por contato direto com pessoa que já havia sido diagnosticada com a doença e que a contraiu também no exterior. Todos os pacientes estão em tratamento e passam bem", afirmou o Ministério da Saúde em comunicado.

O ministério informou que Estados com casos confirmados até o momento são: São Paulo, com 23 casos, Rio de Janeiro e Santa Catarina, com 10 cada, Minas Gerais, com 5, Tocantins, com 4, Mato Grosso e Distrito Federal, com 2 cada, e Rio Grande do Sul e Bahia, com 1 cada. Outros 462 casos já foram descartados até o momento.

Na última quinta-feira, a Organização Mundial da Saúde (OMS) elevou seu alerta de pandemia para o nível 6, o máximo na escala existente, o que significa uma epidemia global de influenza.

A gripe influenza A H1N1 já afetou cerca de 30 mil pessoas ao redor do mundo, causando mais de 140 mortes, segundo os últimos registros da OMS.

(Por Adriane Piscitelli)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.