Brasil recebe R$ 1,9 mi repatriados no caso Banestado

O Brasil recebeu R$ 1.927.

Agência Estado |

263 repatriados dos Estados Unidos em decorrência de pedido de cooperação jurídica internacional a partir de ação do caso Banestado - esquema de evasão de divisas e lavagem de capitais que movimentou ilegalmente US$ 28,1 bilhões na conta de políticos, empresários e administradores públicos. O dinheiro chegou na segunda-feira e foi depositado em conta da 2ª Vara Federal Criminal de Curitiba - R$ 2.921.977,95 já haviam sido recuperados em 2008.

Os valores foram bloqueados em contas de doleiros brasileiros mantidas no Merchants Bank em Nova York. Um terço do total bloqueado foi devolvido ao Brasil. O restante foi destinado às agências bancárias norte-americanas envolvidas no episódio. O montante será convertido em renda da União, informou o juiz Sérgio Fernando Moro, titular da 2ª Vara Federal.

Os resultados das investigações dos EUA foram compartilhados com as autoridades brasileiras em um desdobramento do caso Banestado, provocando a abertura de diversas ações penais no Brasil contra os doleiros responsáveis pelas contas. As investigações no Brasil foram conduzidas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal. A procuradoria denunciou 684 suspeitos - 97 deles condenados judicialmente. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG